HIPERACIDEZ-GASTRITE


Conselhos e orientações dietéticas

  • Procure comer fracionadamente,ou seja, coma em diversos horários em menor quantidade.

  • A pressa a melhor amiga da hiperacidez e da gastrite. Por isso coma com calma e, em lugares sossegados.
    Longe da agitação.

  • Sanduíches e refeições rápidas, todos nós já sabemos, não são a melhor forma de se alimentar.
    Então sempre que puder, evite-os.

  • Todo o paciente com hiperacidez e/ou gastrite, em fase de tratamento, pode ter problemas com medicamentos que afetam a mucosa gástrica. Os mais comuns são as aspirinas, os anti-inflamatórios e os antibióticos.
    Não tome nenhum deles sem a devida orientação médica.

  • Tome com moderação bebidas que contenham cafeína, como: refrigerantes, café, chá-mate, entre outras.
    Atenção: O álcool é um agressor da mucosa gástrica, evite-o.

  • Hoje o tratamento da hiperacidez e da gastrite não restringe a dieta do paciente, como no passado. Mas não é por isso que vamos sair por aí comendo pimenta, frituras e alimentos gordurosos.

  • O cigarro, por causa da nicotina, é um grande agressor da mucosa gástrica.
    Diminua ao máximo a quantidade de cigarros, caso não consiga parar de fumar.

  • O nervosismo e os momentos de tensão são fatores agravantes da gastrite e da hiperacidez, pois provocam no corpo uma reação que aumenta a secreção gástrica.
    Manter a calma ainda é um dos melhores remédios.